NPdiário

sábado, 22 de abril de 2017

Júlia & Rafaela na AGROFEST de Santa Cecília do Pavão

o prefeito Edimar Santos (PTB) já está com sua grade de shows sendo divulgada para realização da AGROFEST 2017, que acontece de 03 à 06 de agosto no Centro de Eventos Enoch Godoy com entrada franca.

Após ter anunciado o show da dupla sertaneja de renome nacional RIONEGRO & SOLIMÕES, que estará no palco de no sábado dia 05 de agosto, agora Edimar Santos aposta da grande revelação do sertanejo universitário a dupla das irmãs JÚLIA & RAFAELA que cantará na sexta dia 04 de agosto. Entre os sucessos que estão entra as mais pedidas no Brasil, destacamos as músicas de JÍLIA & RAFAELA : Paredes Pintadas, Na mesma moeda e Minha Saudade.

Todos os Shows serão com portões abetos.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Edimar Santos na Palestra no SENAC em Cornélio Procópio

Edimar Santos e Alexandre Basso
Palestra sobre “Orientações para captação de Recursos para o seu Município” é apresentada no SENAC”, em C. Procópio

No último dia 13 (quinta-feira), aconteceu no SENAC de Cornélio Procópio, o Segundo Café da Manhã seguido da palestra “Orientações para captação de Recursos para o seu Município”, destinada aos prefeitos, secretários de assistência social e secretários de educação dos 21 municípios atendidos pelo Senac unidade Cornélio Procópio.


A palestra foi ministrada pelo instrutor Reginaldo Francisco da Silva, que possui formação na área de Administração pública, foram abordados temas de verbas específicas da Assistência Social, da Educação, e fontes de captação de recursos para os municípios.


Estiveram presentes no Evento o prefeito Ernesto Alexandre Basso do município de Nova América da Colina, o prefeito Edimar Santos do município de Santa Cecília do Pavão, o chefe do escritório regional de Cornélio Procópio, André Lievorie, o gestor do SESC unidade de Cornélio Procópio, Bruno Danielides de Arruda e o gestor do SENAC unidade de Cornélio Procópio, Fábio Luís Pereira da Silva.


O Evento foi servido pelos alunos do curso de Garçom – PSG e supervisionados pelo instrutor Paulo Cesar Cirino.

FONTE: ANUNCIFACIL
http://www.anuncifacil.com.br/posts/detalhes/27879

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Prefeitos da região são eleitos para diretoria da Associação dos Municípios do Paraná

Prefeitos do Norte do Paraná (ligados à Amunop) foram eleitos para compor diretorias da AMP (Associação dos Municípios do Paraná), em eleição realizada em 03 de abril, em Curitiba.

Em eleição de chapa única, houve a eleição do presidente Marcel Henrique Micheletto, prefeito de Assis Chateaubriand.

Além do presidente Marcel Henrique, o Conselho Diretor é formado ainda pelo 1º-vice-presidente Frank Ariel Schiavini (Coronel Vivida), 2º-vice-presidente Carlos Alberto Gebrim Preto (Apucarana), 3º-vice-presidente Célio Marcos Barranco (Guaporema), 1º-secretário Marcel Jayre Mendes dos Santos (Mato Rico), 2º-secrátario Angela Maria Moreira Kraus (Farol), 1º-tesoureiro Ernesto Alexandre Bastos (Nova América da Colina), 2º-tesoureiro Sérgio Eduardo Emygdio de Faria (Jacarezinho), e diretor de Relações Institucionais e de Política Carlos Eugenio Stabach (Contenda).

Eleita por aclamação, a chapa "Paraná Unido" contem 75 prefeitos e prefeitas de todas a regiões do Paraná, integrantes do Conselho Diretor (09), Conselho Fiscal (10) e 14 Comitês Permanentes.

A Associação dos Municípios do Norte do Paraná (Amunop) se faz presente na nova diretoria da AMP por meio dos prefeitos Ernesto Alexandre Basso, de Nova América da Colina (1º-tesoureiro, Edimar Aparecido Pereira dos Santos, de Santa Cecília do Pavão (presidente do Comitê Permanente de Procedimentos Jurídicos), e Gimerson de Jesus Subtil, de Sapopema (membro do Comitê Permanente de Desenvolvimento Tecnológico).

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Vereadores recebem pedido que pode cassar prefeito de Assaí

Na segunda-feira (10), a Câmara de Vereadores de Assaí recebeu expediente encaminhado pelo empresário José Miguel, o Tatu, que pode resultar, em alguns meses, em pedido de cassação do mandato do prefeito Acácio Secci (PPS) e da vice-prefeita Inês Koguissi (PPS).

Em 30 de março de 2017, o Ministério Público do Estado do Paraná havia entrado com ação civil pública, por atos de improbidade administrativa, contra prefeito, vice-prefeita, além de vereadora Michelle Matie Morikawa (PPS) e do secretário municipal de Desenvolvimento Local, Walmir da Silva Matos.

Por isso, o empresário Tatu solicitou da Câmara de Vereadores a investigação do caso, bem como se fizesse pedido de cópias dos autos ao Ministério Público.

Na tarde desta quarta-feira (12), o advogado do Poder Legislativo, Luiz Guilherme Bachin dos Santos, fez juntada de petição de certidão, requerendo informações sobre aqueles autos de ação civil pública.

Após o recebimento de tais informações, vereadores podem decidir pela abertura ou não de Comissão Especial de Investigação (CEI), que levaria finalmente a pedido de cassação do mandato do prefeito Acácio Secci (PPS) e da vice-prefeita Inês Koguissi (PPS). A situação se mostra complicada, porque hoje o atual governo não conta com maioria na Câmara Municipal. 

De acordo com ação proposta pelo Ministério Público, os requeridos teriam agido "de forma livre e consciente ao valerem-se da estrutura da Administração Municipal, com apoio no exercício de suas funções públicas, para prometer vantagem ilícita à testemunha Andreia, qual seja emprego no hospital municipal, em favor de interesses próprios e da coligação político partidária a qual pertencem".

FONTE: revelia

terça-feira, 18 de abril de 2017

Primeiro de Maio terá nova eleição para prefeito e vice

Depois da realização de novas eleições municipais em Quatiguá, na região norte do Paraná, mais uma cidade da região terá que escolher um novo prefeito. Moradores de Primeiro de Maio voltarão às urnas após uma decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Mário Casanova, do Partido Progressista (PP), foi o candidato mais votado na eleição de outubro de 2016, mas nunca assumiu. Teve a candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral do Paraná.

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) entendeu que Casanova é inelegível porque foi condenado em uma ação de improbidade administrativa, e porque o candidato se filiou ao partido fora do prazo previsto em lei. O impasse foi resolvido pelo TSE.

O Tribunal manteve as decisões anteriores, e no julgamento reforçou a irregularidade do registro da candidatura e considerou inválidos os votos atribuídos a chapa de Mário Casanova.

Com esta decisão, o TRE deve definir o novo calendário para registro de candidaturas, campanha eleitoral e votação.

Primeiro de maio tem 8.700 eleitores. Segundo a assessoria do TRE-PR, a previsão é que a eleição seja realizada no primeiro domingo de julho, mas a data ainda será homologada pela corte do Tribunal.

Até a posse do novo eleito, o vereador Paulo Teodoro Fernandes Junior continuará como prefeito interino. O parlamentar foi eleito presidente da Câmara no início deste ano, e por isso comanda o Executivo até a escolha do prefeito definitivo.

A defesa de Mário Casanova enviou uma nota informando que a decisão de impugnar a candidatura foi individual, de apenas um ministro. Deste modo, os advogados entrarão com um recurso para que o plenário do Tribunal Superior Eleitoral aprecie o caso. Entretanto, o prefeito e o seu grupo político decidiram não pedir efeito suspensivo nesse recurso, o que permitirá a realização das eleições suplementares na cidade.

Novas eleições em mais cidades

O Tribunal Regional Eleitoral também definiu a realização de novas eleições municipais em Guaraqueçaba, no litoral, e em Moreira Sales, no noroeste, para o dia 4 de junho.

A Justiça Eleitoral cassou os registros das candidaturas dos candidatos eleitos para prefeitos e vice-prefeitos nos dois municípios.

Conforme o calendário eleitoral aprovado, as convenções partidárias devem ser realizadas entre 17 e 21 de abril, e os registros das candidaturas pelos partidos políticos ou coligações devem ser feitos até as 19h, do dia 24 de abril. As candidaturas individuais deverão ser registradas até 27 de abril.


As decisões sobre os pedidos de registro serão publicadas até 15 de maio, e a propaganda eleitoral estará liberada a partir de 25 de abril.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Secretário pede apoio de vereadores para implantação de parque industrial





Na noite desta segunda-feira (10), o secretário municipal de Trabalho e Geração de Emprego, Sérgio Munhoz, pediu o esforço conjunto da Câmara de Vereadores na busca de uma área para implantação de um parque industrial no município de Assaí.


Ele defendeu tal projeto como forma de facilitar a atração de novos empreendimentos industriais e consequente geração de emprego e renda.


O ex-diretor da Integrada Cooperativa Agroindustrial, ex-vereador e agricultor Sérgio Munhoz mencionou também que há várias empresas chinesas que querem investir no Norte do Paraná. A seu ver, Assaí tem potencial para atrair novas indústrias, devido a sua capacidade de energia, de água potável e de sua localização privilegiada.


Munhoz participou da sessão ordinária do Pode Legislativo assaiense para fazer um balanço de seus primeiros 30 dias à frente do cargo de secretário municipal de Agricultura e Abastecimento. A partir de 17 de março, ele também passou a responder cumulativamente pela pasta de Trabalho e Geração de Emprego.


O secretário afirmou que desde 2001 há alguns barracões públicos alugados para emprendimentos industriais. Agora o município pretende fazer levantamento da situação real de cada imóvel, e retomar os prédios daqueles empresários que não estão gerando empregos suficientes a justificar a parceria inicialmente firmada.


Como resultado da atual política industrial, ele citou a recente assinatura pelo prefeito Acácio Secci (PPS) de contrato de cessão de barracões industriais com os empresários Alaor Euzébio dos Santos (Caldeiraria Pesada Paraná Ltda) e Roni Lacal (Alfa Embalagens) para a geração de pelo menos mais 40 empregos.


Na condição de ex-diretor da Integrada Cooperativa Agroindustrial, Sérgio Munhoz aproveitou também para comentar o fechamento da unidade de Fiação, no ano passado, que provou a demissão de 400 trabalhadores.


Segundo ele, a decisão de fechar aquela indústria não havia partido da diretoria, e sim do conselho de administração. Como principal dificuldade, o ex-diretor destacou o aumento do gasto com energia elétrica, de R$ 400 mil para R$ 1,2 milhão (entre abril e final de 2015), a distância da matéria prima, uma vez que a pluma de algodão vinha de outros estados, aliado à mudança de foco daquela cooperativa.


Nesses primeiros 100 dias de administração, principal discurso do presidente da Câmara de Vereadores, Amarildo Aparecido Corrêa (PSDB) tem sido a necessidade de geração de emprego e renda como forma de evitar o êxodo local. Por tal razão, Amarildo se colocou à disposição do secretário Sérgio Munhoz para também acompanhar equipe do município em conversa com possíveis empresários interessados em investir em Assaí.

domingo, 16 de abril de 2017

Vereador Andrade pede reforma de banheiro público e de praça

O vereador José Andrade dos Santos (PSB) apresentou indicação ao Poder Executivo para que providencie melhorias na praça central e no banheiro público, localizados na avenida Rio de Janeiro, em Assaí (PR).

Segundo o edil, há necessidade de reforma daquela banheiro público, como pintura do prédio e troca de porta, principalmente. A reclamação vem da população em geral e também daqueles que frequentam a feira Teia da Cidadania, realizada às quartas-feiras.

Andrade solicita ainda que a administração Acácio Secci (PPS) invista na iluminação da praça da Igreja da Matriz, a partir da substituição de lâmpadas.

Portal de RECADOS

POR FAVOR>> SEM OFENSAS>